como programei minha primeira viagem internacional

O ano de 2018 foi um ano que só pode ser classificado como ~esquisito~. Muita coisa aconteceu, foi o ano mais rápido da minha vida e se tem uma coisa que eu fiz foi TRABALHAR.
A diferença foi que o trabalho foi muito mais prazeroso e isso realmente fez toda diferença. Apesar de passar por várias incertezas, eu tive muito momentos incríveis que só o meu trabalho poderia proporcionar, realmente a Embelleze transformou a minha vida, e expandiu meus horizontes para novas possibilidades que eu sempre achei que "não eram pra mim".






E aí eis que no início de novembro, em um telefonema com um amigo ele me disse que estava saindo de viagem de carro para a Argentina, eu confesso que sou bem mentalmente "descolonizada" em relação à viagens, não ligo pra Europa, não ligo pros EUA, mas morro de vontade de conhecer alguns países da África, de regiões da Índia enfim, tenho muitas vontade também de conhecer boa parte da América Latina, porém a Argentina nunca esteve no meu radar.
Mas conversando com ele, a ideia era completamente fora dos padrões e mais, uma aventurinha né, por que iremos fazer boa parte do trajeto de carro, e inclusive esse foi um dos motivos dele querer que eu fosse né? pra dividir a direção...interesse? Talvez! haha



De Novembro pra cá, tivemos muitas dúvidas se iríamos ou não, principalmente em relação a questão financeira, por que né? Eu e Walter não tínhamos muita certeza de como seria 2019, mas como falei pro Walter: - Se a gente fica se perguntando muito sobre as coisas, a gente acaba não fazendo, não se jogando na experiência.

Quando eu tinha 16 anos, eu viajava com menos de R$100 no bolso, e isso por que, certamente eu não tinha medo do futuro, eu não ficava preocupada e no fim das contas tudo se resolvia.



Agora com 30 anos, tudo se reduz a grana! E isso fica pesando demais na minha cabeça, e me paralisa de fazer coisas que eu amo fazer, como por exemplo viajar e conhecer novas culturas.

Decidimos então aos 45 do segundo tempo que iríamos sim viajar, e partiremos no dia 1 de janeiro às 3h10 da manhã para Buenos Aires para começar a nossa jornada.
Se esse post tiver um bom engajamento, eu prometo criar vários posts com valores, macetes e tudo que levaremos na viagem.

Além disso caso você esteja lendo isso, você pode ficar sabendo de tudo o que iremos fazer através do meu instagram: @euamandafarah , provavelmente o instagram será a minha rede social mais ligada na viagem.

Não quero contar detalhes do roteiro ainda, mas confesso que estou vivendo um misto de ansiedade, medo e empolgação. É muito louco procurar por novas experiências assim e é muito bom ter um companheiro como o Walter que super se empolga nessas loucuras também.

A questão é que muitas vezes, como eu disse no início, e até mesmo no vídeo sobre a tour da minha kitnet, a gente acha que certas experiências não são pra gente, por que viemos de um lugar não tão rico, e achamos sempre que as pessoas que viajam são extremamente ricas, e ~cultas~,quando na verdade muitas dessas pessoas só não têm medo de arriscar e de tentar e ir até onde podem ir, aonde o tempo e espaço é capaz.




Esse post é metade motivacional, metade um desabafo medroso de uma pessoa que tem medo de dar os primeiros passos em aventuras, mas que certamente se joga quando dá o segundo, e se você estiver muito afim de saber sobre o resto da TRIP (hehe), não esquece de acompanhar o blog.
Hoje é dia 25 de dezembro e eu estou finalizando as compras para a viagem que vai fazer a gente pegar umas temperaturas bem baixas, e isso tem me assutado um pouco.
A cada dia que passa e a cada coisinha que compramos e riscamos da nossa lista de necessidade a vontade de ir logo aumenta.
Eu espero que você se empolguem comigo, e se motivem com essa minha viagem surpresa de 2019, por que também espero que esse seja um ano aonde eu me jogue mais e mais.
Como falei no início do post, gosto de coisas que nã são tão "comuns" em viagens, gosto de rolê de camping, trilha e de ter que resolver problemas inesperados, parece um pouco de loucura, mas eu AMO.
Bom é isso, 
bora viajar...

Amanda

Nenhum comentário:

Postar um comentário